segunda-feira, 17 de julho de 2017

Reestruturando o quadro de pessoal do executivo municipal


Informações colhidas pelo Rabiscos do Samuel Junior (RSJ) apontam que está sendo analisada uma reestruturação do quadro de pessoal na prefeitura de Assú. Inclusive dizem que já tem uma relação elaborada com mais de cinco dezenas de nomes de servidores que seriam realocados ou exonerados.

Essa reestruturação teria como principal objetivo atender a recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) de adequar os gastos com pessoal à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O RSJ entrou em contato com diversas pessoas que tem acesso as informações do executivo assuense em busca de detalhes sobre o assunto.

Uma das informações recebidas é que o Centro Especializado em Gestão Pública (Cegesp), consultoria contratada para elaborar um diagnóstico situacional da gestão municipal, entregará brevemente um estudo ao prefeito Gustavo Montenegro Soares, apontando a necessidade de se fazer ajustes na lotação de servidores e dando um indicativo das áreas mais críticas da prefeitura de Assú.

Existe a possibilidade de que muitos servidores que não estejam se enquadrando na função para qual foram nomeados tenham que ser remanejados para outro cargo ou até exonerados.

Um auxiliar do prefeito que comentou com o RSJ sobre a consultoria da Cegesp concorda com a importância desse trabalho de diagnóstico da gestão, mas, disse que “o cara [prefeito] que tem a caneta tem que ter coragem”.

Outro observador com livre trânsito no gabinete do prefeito disse que Gustavo Montenegro Soares só manterá na equipe os auxiliares que estejam comprometidos com o serviço público e que mudanças ocorrerão neste segundo semestre.

Um aviso já foi dado: servidores que não estavam indo trabalhar regularmente tiveram seus pontos cortados.

Parceiro anunciante

Nenhum comentário:

Postar um comentário